Disponíveis os resultados da segunda campanha
Radar TISS


 
Cerca de metade das trocas de informação realizadas entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviços de saúde se dá por meio eletrônico. As cooperativas médicas representam a modalidade com maior grau de adoção da troca eletrônica, com destaque para consultórios médicos (53%) e clínicas especializadas (48%). Já as operadoras de grande porte e as seguradoras especializadas em saúde apresentam maior representatividade na utilização da certificação digital.

Esses são alguns dos resultados apontados no relatório de análise da 2ª campanha Radar TISS Médico-Hospitalar, pesquisa que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) realiza duas vezes por ano com o objetivo de acompanhar a implementação do Padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar (TISS) por parte das operadoras de planos de saúde e dos prestadores de serviços de saúde.

A 2ª campanha Radar TISS Médico-Hospitalar analisou dados referentes a abril de 2008 enviados por 871 operadoras de planos médico-hospitalares ativas e com rede de prestadores, que responderam a um questionário eletrônico pelo sítio da ANS. Entre os temas abordados na pesquisa, estão: relacionamento com os prestadores; certificação digital , mecanismos de faturamento e volumes de guias TISS.

O relatório completo da segunda campanha, bem como o relatório da primeira campanha Radar TISS Médico-Hospitalar estão disponíveis para consulta no hotsite do padrão TISS, na página da ANS na Internet.

Confira os resultados da 2ª campanha Radar TISS Médico-Hospitalar


12/11/2009

 
CBO TV
FeCOOESO 2006
Praia do Flamengo, 66 - Bloco B/sala 303 - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 22210-030 - Tel./Fax (21) 2556-5803