ANS avalia planos de saúde e apenas 23 de 989
recebem a nota máxima


 
A Agência Nacional de Saúde (ANS) divulgou os resultados finais da avaliação de desempenho das operadoras de planos de saúde no Programa de Qualificação da Saúde Suplementar, ano-base 2009. O Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), que varia de zero a um, atribuiu notas as operadoras.

Na avaliação das 989 operadoras de planos de saúde médico-hospitalares do país, a ANS atribuiu nota máxima a apenas 23 empresas. Elas atendem a 6,7 milhões de usuários, 16% do total. O índice de qualidade criado pela agência reguladora varia de zero a um e é dividido em cinco faixas, sendo a mais alta variando entre 0,8 e 1,0. As demais faixas são 0,60 a 0,79 ; 0,40 a 0,59; 0,20 a 0,39 e 0 a 0,19.

O índice utiliza quatro critérios para atribuir notas, sendo eles: atenção à saúde; saúde econômico-financeiro; estrutura e operação e satisfação dos beneficiários. Os indicadores são calculados através de dados dos sistemas de informações da ANS, enviados pelas operadoras ou coletados pela Agência e de dados de sistemas nacionais de informações em saúde.

Entre as 23 empresas de saúde médico-hospitalares com notas acima de 0,8, a maioria é formada por associações de classe ou cooperativas. Das grandes seguradoras ou companhias de medicina de grupo, só a Amil e a Bradesco Saúde obtiveram nota máxima.

Segundo a ANS, as operadoras de planos de saúde com atuação na Paraíba apresentaram índices variados. A maior nota no Estado foi alcançada pela Unimed João Pessoa com IDSS entre 0,40 e 0,59 e com mais de 100 mil usuários. Já a Associação dos Fiscais de Rendas e Agentes Fiscais do Estado da Paraíba apresentou o índice mais baixo com IDSS entre 0,00 a 0,19 e menos de 10 mil usuários. A Unimed de Campina Grande também registrou pontuação baixa ficando com IDSS entre 0,20 e 0,39.

Para verificar qual foi a avaliação recebida pela sua operadora e identificar os problemas que ela apresenta, basta que o consumidor visite o site da ANS (www.ans.gov.br) e digitar o nome da empresa.


Fonte : Segs

 
CBO TV
FeCOOESO 2006
Praia do Flamengo, 66 - Bloco B/sala 303 - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 22210-030 - Tel./Fax (21) 2556-5803