Conselho discute honorários médicos com ANS

 
O Conselho Federal de Medicina integrará grupo de trabalho da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para debater a questão do reajuste dos médicos. A Comissão também analisará a implementação da Classificação Brasileira de Honorários e Procedimentos Médicos (CBHPM) como referência na saúde suplementar.

Em atitude inédita, a diretoria da ANS convocou as entidades médicas nacionais – CFM, Associação Médica Brasileira (AMB) e Federação Nacional dos Médicos (FENAM) – juntamente com as instituições privadas (operadoras, seguradoras de saúde, empresas de auto-gestão e Unimed Brasil) para debater o assunto. O encontro aconteceu na tarde desta segunda-feira (8), no Rio de Janeiro.

O vice-presidente do CFM e coordenador da Comissão de Saúde Suplementar, Aloísio Tibiriçá Miranda, enfatizou a necessidade de um reajuste anual, como previsto em lei, e cobrou uma posição mais forte da Agência. “A ANS tem um comportamento assimétrico com médicos e operadoras. Esperamos que este grupo avance concretamente, pois é fundamental para qualificação suplementar”, disse.

A conselheira Márcia Rosa também representou o CFM na reunião.


Fonte: Setor da Imprensa, 8/2/2010

 
CBO TV
FeCOOESO 2006
Praia do Flamengo, 66 - Bloco B/sala 303 - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 22210-030 - Tel./Fax (21) 2556-5803